Home
Monitor 20|20

Muita discussão ocorre sobre qual é velocidade ideal de plantio e como este fator impacta na qualidade de distribuição de plantas. Como eu posso tomar decisões baseadas em fatos e dados durante o plantio, para manter a máxima qualidade independente da velocidade?

Desde 2013, ano em que a Precision Planting se estabeleceu no Brasil, por praticamente todas as fazendas que passamos neste país, existe uma discussão que sempre vem à tona: Qual a velocidade ideal de plantio?

Muitos agricultores defendem que “quanto mais devagar, melhor”, outros falam que dependendo do sistema dosador utilizado você pode chegar a velocidades consideravelmente altas. A verdade é que muito se discute sobre este tema, porém existem poucas opiniões embasadas naquilo que definitivamente deveria subsidiar a decisão: Fatos e Dados.

Primeiramente, vamos entender o tema “Por que plantar mais rápido?”.

Isto pode estar claro para os agricultores mais experientes, mas esta resposta é encontrada no Portfolio de Sementes (Híbridos ou Cultivares) que invariavelmente possuem a Data Ótima de Plantio. Vejamos o exemplo abaixo:

Gráficos conceituais de Pontualidade de Plantio de uma determinada cultivar e Número de máquinas em função da velocidade.

Devido a esta data ótima de Plantio, concluímos que quanto mais hectares eu plantar na data ideal, melhor. Descartando os tempos perdidos e fatores operacionais como chuva, limitações devido à Jornada de Trabalho e eficiência (tempo de parada por falta de sementes, excesso de manobras, etc), existem 3 formas de aumentar esta velocidade, em hectares por hora:

•          Aumentar a largura de trabalho, ou seja, mais linhas na Plantadeira;

•          Aumentar o número de máquinas;

•          Aumentar a velocidade.

Para aumentar a largura de trabalho, não há muito o que fazer a não ser trocar a sua plantadeira por uma com maior número de linhas. Aumentar o número de máquinas nem sempre é uma decisão economicamente viável. Então, o que boa parte dos agricultores faz para evitar investimentos maiores em equipamentos novos é aumentar a velocidade de plantio e assim se dá origem à discussão deste tema: Qual é a Velocidade ideal de Plantio?

Para responder a esta pergunta, precisamos entender como a velocidade impacta a qualidade de Plantio e também como podemos medir essa qualidade.

Para nós da Precision Planting, a Qualidade de Plantio deve ser medida em função de 4 fatores: População, Espaçamento, Singulação e Emergência. Todos esses são fatores que impactam diretamente o potencial produtivo das culturas, sendo que cada um pode impactar mais ou menos. Assim, temos o conceito da Pirâmide da Produtividade, onde na base da pirâmide está o fator que mais afeta o potencial produtivo e no topo da pirâmide o fator que menos afeta o potencial produtivo.

Pirâmide da Produtividade. Conceito da Precision Planting para avaliação de Plantio

Você deve estar se perguntando: “E o que isso tem a ver com a velocidade?” E a resposta é: Tudo! Durante o plantio você deve monitorar estes fatores em tempo real e tomar medidas corretivas caso cada um deles saia do parâmetro de controle. Dispor de um monitor de cabine que subsidie a tomada de decisão de forma objetiva é fundamental para determinar se a velocidade de plantio está adequada ou não.

Vamos usar o exemplo dos Monitores 20|20 da Precision Planting. Estes monitores exibem a informação de forma fácil, em um gráfico de semáforos (cores: verde, amarelo e vermelho, em que Verde é Bom; Amarelo, atenção e; Vermelho, estado de alerta) de forma a auxiliar o operador a identificar qual é o parâmetro que está fora de controle, onde ele deve tomar uma ação corretiva imediata.

Monitor 20|20 mostrando os indicadores em gráfico de semáforo: Verde, Amarelo e Vermelho

Vamos para um exemplo hipotético. Estou plantando a 7 km/h e meu 20|20 está todo verde. Nesse caso, eu posso experimentar ir à 8 km/h. Colocando meu conjunto a  8km/h, observo agora que o monitor continua exibindo tudo em verde, e dessa forma posso arriscar ir à 9 km/h. Agora, vamos supor que a partir deste momento meu monitor começa a mostrar um indicador em amarelo, e esse indicador está atrelado ao Espaçamento entre sementes. O que eu deveria fazer neste momento? Nossa recomendação neste caso é investigar qual é a causa deste mau espaçamento e, dependendo da causa, não há outra solução a não ser retornar à velocidade de 8 km/h e retomar o plantio  com boa qualidade.

A diferença neste caso é que a decisão teria sido tomada com base em fatos e dados, e com dados obtidos em tempo real, e o resultado do plantio não seria uma surpresa agradável ou desagradável somente algumas semanas depois.